Volte para o topo
Entre em contato
Av. Jamel Cecílio, Ed Metropolitan, 2690 - Jardim Goiás - Goiânia
Fale com a gente
contato@grifopropaganda.com.br
Tel: +55 (62) 3626-4337

Conheça 8 mulheres brasileiras que fizeram história

No dia 8 de março é comemorado o dia internacional da mulher, data que foi instituída para celebrar as conquistas e relembrar a luta das mulheres ao longo dos séculos em busca de equidade de direitos sociais, políticos e econômicos. É evidente que o dia da mulher deveria ser comemorado todos os dias, entretanto, o dia 8 de março é um momento especial para incentivar a reflexão referente a diversas questões. Em homenagem a esta data, queremos destacar aqui 8 personalidades femininas brasileiras que fizeram história e jamais serão esquecidas em nosso país e no mundo! Continue a leitura e confira.

Maria da Penha

Maria da Penha Maia Fernandes, mais conhecida como Maria da Penha, foi violentada pelo seu marido durante muitos anos. Em uma das agressões Maria da Penha ficou paraplégica, após isso, ela deu início a batalhas judiciais até conseguir a condenação de seu ex-marido.

Devido sua luta pelo combate à violência doméstica contra a mulher, em 2006, foi criada a lei nº 11.340/06, e em sua homenagem, a legislação foi batizada como Lei Maria da Penha. A Lei protege mulheres em situação de violência, fortalece a autonomia das mulheres, educa a sociedade, cria meios de assistência e atendimento humanizado, além de agregar à política pública, valores de direitos humanos.

Irmã Dulce

Maria Rita de Sousa Brito Lopes, ou apenas Irmã Dulce, debruçou toda a sua vida pelo cuidado às pessoas carentes. Isso desde os 13 anos, quando transformou o seu lar em um espaço de assistência. Ficou muito conhecida por conta de suas obras de caridade e assistência aos pobres, e é considerada uma das mais importantes ativistas humanitárias do século XX. Foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz em 1988 e beatificada em 2011.

Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral é autora da pintura brasileira mais valorizada da história, com obras expressivas como o Abaporu (que ultrapassa os US$ 2,5 milhões). A pintora é um dos nomes centrais da primeira fase do modernismo artístico no Brasil e foi uma das responsáveis pela organização da revolucionária Semana da Arte Moderna de 1922, realizada em São Paulo.

Hebe

Hebe Camargo foi uma das maiores comunicadoras de todos os tempos. Ela atuou decisivamente na criação da primeira rede de televisão brasileira – a Rede Tupi. Convidada por Assis Chateaubriand participou da primeira transmissão ao vivo da televisão brasileira, em 1950 na cidade de São Paulo.

Sua carreira artística foi determinada por sua comunicação e pela forma de entrevistar as pessoas de forma inteligente e madura. Por essa razão foi reconhecida como uma das maiores entrevistadoras do Brasil. Trabalhou até o fim da vida e faleceu em 2012 aos 83 anos, por causa de um câncer.

Lélia Gonzalez

Lélia Gonzalez foi uma intelectual que dedicou parte importante de sua trajetória a explicar a perversa combinação de racismo e sexismo na situação das mulheres negras. Discutia linguagem e criou as noções de amefricanidade e pretuguês. Historiadora, antropóloga e professora. Uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado e do Coletivo de Mulheres Negras N’Zinga.

Clarice Lispector

Clarice Lispector foi uma grande escritora brasileira, seus textos fazem sucesso na internet até hoje, mesmo depois de décadas da sua morte. Ela nasceu na Ucrânia em 1920. Enquanto brasileira, declarava-se pernambucana, já que morou no estado desde os 2 anos de idade. A autora morreu em 1977 no Rio de Janeiro. Suas principais obras foram “Perto do Coração Selvagem”, “Laços de Família” e “Felicidade Clandestina”, entre diversas outras.

Carmen Miranda

Carmen Miranda, portuguesa de nascimento e brasileira de criação, foi a primeira mulher a assinar contrato com uma rádio no Brasil. Com seu estilo único e talento para a música e atuação, conquistou outros países, fixou morada nos Estados Unidos e chegou a ser a mulher mais bem paga de Hollywood, além de ser a primeira sul-americana com uma estrela na Calçada da Fama.

Marta

Marta Vieira da Silva, a camisa 10 da seleção feminina de futebol, é uma jogadora que tem se destacado no cenário do futebol – esporte tido como majoritariamente masculino. Eleita a melhor jogadora do mundo por cinco anos consecutivos (entre 2006 e 2010), a alagoana conseguiu um feito inédito no futebol brasileiro. Entre os homens, nem Pelé e Ronaldo alcançaram essa marca! Ela é também a maior artilheira da Seleção Brasileira (contando a masculina e a feminina) e a maior artilheira da Copa do Mundo de Futebol Feminino.

 

Existem diversas outras mulheres que foram fundamentais para a história e determinantes para as conquistas femininas. Que tal aproveitar essa data para conhecer não apenas as mulheres que apresentamos, mas também a história de tantas outras mulheres incríveis? Entender ainda mais sobre a trajetória e conquistas femininas é fundamental para que possamos honrar e celebrar todos os dias os triunfos de todas as mulheres.

Conecte-se com nossas redes sociais Facebook, Instagram, LinkedIn e na plataforma Behance e não perca nossas novidades. Clique aqui para ler outros artigos do nosso blog.